quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Mudar ou não mudar?







É bem delicada essa decisão de mudar ou não mudar a marca de uma empresa tradicional como a Lupo. Quando vi a nova fachada de uma das suas lojas aqui em São Paulo, confesso que assustei.

Minha primeira impressão: o novo logo, aplicado na fachada da loja, me passou a idéia de algo genérico, sem história. Uma lojinha qualquer. Não algo exatamente ruim, mas algo comum. E a Lupo está longe de ser só isso: é uma das maiores empresas fabricantes de meias, underwear e pijamas do Brasil, se não for a maior. Ou seja, a mudança, aqui, foi um movimento perigoso.

Ao ver essa mesma nova marca aplicada no website, minha impressão mudou um pouco, concordo. A Lupo está ampliando seus tentáculos através da confecção de roupas e acessórios para prática de esportes, e acho que a necessidade de mostrar um pouco mais de avanço tecnológico através do logo se fez presente. E isso, em parte, eles conseguiram. Gostaria muito de saber qual agência foi a responsável pela mudança.

O "L" mostra claramente uma meia, e isso é bacana. Mas acho que o lettering poderia ter sido melhor trabalhado. Talvez fosse o caso de apenas atualizar a marca antiga, mantendo suas inconfundíveis serifas.

O que vocês acham?

7 comentários:

Vine disse...

A parada do L seria pra simular uma meia no pé ? :P

Marcos Hunger disse...

Por MUITa coincidência, entrei numa loja LUPO (talvez pela primeira vez na vida) também neste fds. E achei bacana... uma mudança é sempre delicada, mas pela proposta de expandir o mercado, creio que a logo se modernizou.

E no fim, sai de lá ganhando da esposa uma cueca boxer da EVERLAST. Ou seja, produtos bacanas que nos fazem voltar a loja não só pensando mais em meias apenas.

Erika Tani Azuma disse...

Realmente acho que seria o caso de modernizar o lettering, mantendo as características de serifa. Existem tantas famílias tipográficas bacanas sans serif que, na minha opinião, seriam mais adequadas que essa nova proposta.

Infelizmente os tipos com serifas estão em extinção. Muitas marcas que foram redesenhadas e perderam tal característica, vão ficar datadas. E quem sabe voltam as boas origens?

rodrigo disse...

Eu gostei dessa mudança. A marca Lupo é bem tradicional, existe há muitos anos. O público-alvo da marca mudou e precisava se realinhar a marca. Com novos produtos no seu catálogo, o estilo de font com curvas é a melhor opção, passando a idéia de continuidade sempre. Ficou mais moderna, atual, gostei.

João Lima Jr. disse...

Eu achei um pouco estranho, pra que mudar? O logotipo da Lupo assim é tão tradicional, eles poderiam apenas repaginar sem que perdesse essas características.

nabo nazista ' disse...

Gostei do novo logo.
Acho que acompanha melhor o público da marca.

Fabio Scalabrini disse...

Esse L pode ser seu calcanhar de Aquiles.