quarta-feira, 14 de maio de 2008

Domingão com musicão


Para quem curte boa música e vai estar aqui em Sampa no dia 1º de junho, terá o privilégio de ver o show de dois grandes artistas - a cantora de Soul e R&B Macy Gray e o legendário compositor e músico de jazz Herbie Hancock, de graça, no Parque Villa-Lobos.



Sobre Macy Gray
a
Nascida no dia 6 de setembro de 1970, em Canton, em Ohio, Natalie McIntyre, mais conhecida como Macy Gray, é famosa por sua voz rouca. Fã de R&B desde pequena, a cantora costumava ouvir os discos de seu pai, compostos basicamente por astros como Sly Stone, James Brown, Marvin Gaye e Stevie Wonder (timinho fraco, de amadores!!!) e entrou tarde no mundo da música, começando a cantar publicamente com quase trinta anos.
A
Tendo como produtor Andrew Slater (Fiona Apple, The Wallflowers), a cantora lançou seu primeiro disco, On How Life Is, em 1999. O álbum, cheio de soul e R&B moderno, vendeu mais de dois milhões de cópias só nos EUA e rendeu a Macy o Brit Awards de Melhor Artista Solo Internacional e Revelação Internacional e o Grammy Awards pela canção "I Try". No mesmo ano, a soul sister ganhou um disco quádruplo de platina.
a
a

Sobre Herbie Hancock
a
Herbert Jeffrey Hancock nasceu em 12 de abril de 1940 e começou a tocar piano com sete anos. Depois de estudar música na Faculdade de Grinnell, Hancock foi convidado por Donald Byrd em 1961 para integrar o seu grupo em New York. Logo em seguida, a gravadora Blue Note lhe ofereceu um contrato para gravar o seu primeiro álbum "Takin Off".
a
Em maio de 1963, Miles Davis o convidou para participar de seu quinteto e por lá ficou durante cinco anos, tempo em que absorveu as influências do mestre, deixando o piano acústico e aderindo ao piano elétrico. Enquanto mantinha sua carreira solo, também gravou em muitas sessões produzidas por Creed Taylor e elaborou sua primeira trilha sonora para o filme "Blow Up - Depois Daquele Beijo" de Michelangelo Antonioni.
a
Após deixar a banda de Davis em 1968, Hancock gravou o álbum funk "Fat Albert Rotunda" e em 1969 formou o sexteto Headhanters, grupo de jazz-rock que utilizava de sintetizadores a piano elétrico. No grupo, todos os nomes dos músicos foram vertidos do inglês para o africano e Herbie ganhou a alcunha de Mwandishi. Em 1973, Hancock se separou da banda e passou a estudar budismo, tendo como objetivo tornar as platéias mais felizes. É um dos monstros sagrados do jazz e continua na ativa até hoje. Seu último álbum, River, de 2007, é antológico e traz uma coleção de canções, vocal e instrumental, compostas ou influenciadas por Joni Mitchell.
a
Ou seja, motivos de sobra para conferir esse showzaço! Uma ótima pedida para conhecer mais a levada da Black Music/Jazz /R&B e Soul.
a
Anota aí
Telefônica Open Jazz
Macy Gray e Herbie Hancock
Data: 01/06/2008
Local: Parque Villa Lobos
Endereço: Avenida Prof. Fonseca Rodrigues, 1655 - Pinheiros - SP
Horário: 15h
Entrada gratuita.
a
imagens: divulgação
fonte: JazzMasters

3 comentários:

Rodrigo Disperati disse...

Estaremos lá!!

Rodrigo Disperati disse...

Aliás, belo post. Ainda mais pq foi baseado no texto do Sérgio Scarpelli, meu "guru" musical.

Erika Tani disse...

O Sergião sabe tudo!!! Aliás, ia ser bacana se ele escrevesse pro collecta sobre música! Já pensou? :))))