segunda-feira, 12 de julho de 2010

Copa, logo e discussões



Sim, semana passada, nós, designers brasileiros (eu disse designers) tomamos um golpe fatal. O que parecia ser um brincadeira de mal gosto, virou realidade. Não conheço um profissional da área que elogiou o logo oficial da Copa de 2014. "É lamentável", nas certeiras palavras do mestre Alexandre Wollner.

A decisão, como todos sabem, foi tomada por artistas, escritores, publicitários, manda-chuvas, enfim, profissionais que podem ser excelentes em suas áreas, mas que não entendem de design. Com isso, perdemos uma chance espetacular de mostrar para o mundo que o Brasil possui designers de ponta, que certamente faríamos algo muito mais criativo e bem executado do que esse símbolo que nos foi apresentado.




Como se não bastasse tudo isso, essa semana, o estúdio Pentagram publicou em seu site o material que será utilizado para divulgação da candidatura dos EUA para sediar da Copa de 2018. Não acho muito bacana fazer comparações, mas nesse caso é inevitável.

Começamos por esse ponto, a data. Ainda faltam 8 anos para a Copa de 2018, porém o estúdio já criou uma identidade visual originalíssima, criativa, organizada, e o principal, assinada por especialistas no assunto: os designers Michael Gericke e Luke Hayman.



Esse tipo foi desenvolvido especialmente para a candidatura e chama-se "Game". Uma tipografia clara, gráfica e universal, combinada a um leque de cores amplo e coordenado, que formam uma identidade limpa e versátil. Nada de modismos, nada de gosto pessoal.


Anos-luz: Já foram criadas diversas peças de divulgação







Os EUA já pensam 8 anos antes com todo esse capricho, enquanto no Brasil, a apenas 4 anos de um evento desse porte, o nosso Presidente ainda diz que não precisamos nos preocupar com nada para a Copa de 2014.

Será que o logo apresentado já não seria um bom motivo, sr. Presidente?

imagens: divulgação

5 comentários:

Cristiane Iannacconi disse...

Ontem mesmo, falei c outra designer sobre essa logo. Acho sempre lamentável que isso ainda aconteça no Brasil. Um país com ótimos profissionais, inclusive de renome internacional, seja de design, arquitetura... e nosso governo investindo em importar projetos ou coisas do tipo.
Também acho uma afronta aos brasileiros de uma forma geral a cor vermelha, símbolo de um partido político, fazer parte das marcas oficiais dessa maneira como tem sido feita. Indignação total.
Cristiane Iannacconi

Aldemir Homem Suco disse...

Desculpe, mas, não sou designer, apenas, aprecio a arte. Porém acho que a logo ficou bacana apesar de uma identidade visual de - temos que ganhar ou morrer - já que todos vão com a mão na bonita da taça, não condeno não ficou legal, saiba que, poderia ser bem pior. Agora, achar que essa identidade dos EUA é bonita, francamente, quem tem bom gosto sabe que isto é bem brega como eles. Já vi logo bem melhores que não de Copa de mundo mais se de representatividade para uma nação.

Daniel disse...

Copa nos EUA de novo? Mas já??
to ficando velho...

Prosa's disse...

Achei a logo do Brasil ultrapassada e mal feita, mas a dos EUA não fica para trás, ficou simples e sem destaque algum. Falta atitute e criatividade para os dois países.
Prefiro ainda as logos do GOOGLE...

Erika Tani Azuma disse...

Muito legal que vcs deixem seus comentários e opiniões.

Esse post em exclusivo, é de uma certa forma, um pequeno desabafo sobre como é difícil manter a profissão de designer no Brasil. E a identidade dos EUA foi uma forma de mostrar que lá eles valorizam os designers que possuem. E que são organizados tb.

Mas é isso aí amigos, esperamos que a Copa de 2014 seja um sucesso!

Abraços e continuem com a gente!